dormiam de bruços

dormiam de bruços

amanheciam abraçados

cochichavam ao pé do ouvido

assim bem baixinho, pequenino

palavras de amor

olhos ainda cerrados

sorriso meio acordado

daquele que pende para um só lado

os pés se tocavam

buscando o enrosco dos cúmplices

um último roçar de pele

antes do dia despertar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: