Fotinhos

Mandei revelar e ampliar as fotos da viagem. Que felicidade!!
Esta é uma frase quase impossível de se ouvir hoje em dia.

Clica a foto. Olha no visor. Gosta. Não gosta. Deleta. Tira outra. Gosta. Copia para o computador. Posta no blog. Posta no fotolog. Posta no Orkut. Diminui e faz ícone para msn. Manda por email. Grava em dvd. Passa na TV. Imprimir para quê?

Mas foi uma delícia a hora em que pus os olhos e as mãos nas minhas fotinhas impressas em papel matte com margem branca. Que prazer! Me lembrei da primeira vez que ampliei uma foto P/B no lab da faculdade. A sensação de ver a imagem surgindo no papel, de ter participado de todo o processo, de ter construído aquela imagem foi indescritível.

Levei as duas câmeras para a viagem (a digital Sony Cibershot e a analógica-xodó-da-mamãe-aqui Nikon FM10). Engraçado foi quando chegamos na Receita Federal do Aeroporto de Guarulhos para fazer a declaração de bens. A mulher da Receita pegou a minha Nikon e falou: “esta é antiguinha, né? E tá bem usada. Não precisa declarar, não.” E depois começou a elogiar a qualidade das fotos realizadas com estas “câmeras antiguinhas” e a dizer como era boa a época em que tinhamos álbuns de fotografias.

Bom, vou montar o álbum impresso e scanear algumas das imagens para por aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: